17.5.09

Eurovision 2009, Islandia 2º lugar

Aqui na Islandia o Festival Eurovisão é uma febre como em outros países do mundo a febre duma final de campionato do mundo de futebol. É frente ao ecrã que se encontra a maioria dos islandeses ou em festas organisadas na ocasião deste evento ex: a discoteca NASA festejou pela noite dentro até às 5 da manhã, já dia claro.
video

A Noruega ficou em primeiro com um grande avanço de pontos direi mesmo exagerado, certamente a primeira vez que esta diferencia è tão importante. Portugal, atinge apenas um 15º lugar francamente merecia melhor.

Em todo o caso foi um maravilhoso espectaculo proporcianado por Moscovo.

À sua chegada ao aeroporto de Keflavik numerosas pessoas e flores acolheram Johanna, em Reykjavik um Podium foi instalado e onde cerca de 2 mil pessoas poderam aplaudir mais uma vez a cantora que simpáticamente interpretou mais uma vez sua canção frente ao seu público.

11.5.09

Islandia em, Vermelho e Verde

Foi durante este fin de semana que o vái e vém aconteceu, os encontros com os dois principais liders politicos saídos das ultimas eleições, Sociais Democratas e Verdes.


Ontem ao fin da tarde a Primeira Ministra Johanna Sigurdardóttir anunciou a constituição do novo Governo Islandês, constituido de 5 mulheres e 7 homens.


Os Verdes conseguiram 5 ministérios, Finanças, Ambiente, Educação, Saúde, Agricultura e Pescas, o primeiro homem forte é o lider do partido Verde, Steingrímur Sigfússon com a pasta das Finanças, quanto ao Social Democrata, Össur Skarphédinsson fica encargo dos negócios estrangeiros, o qual vai ter um grande desafio pela frente, a questão da adesão à EU, que irá ser o ponto principal do primeiro Concelho de Ministros já esta semana, cuja resolução deverá ser apresentada ao Parlamento.


Bem que uma maioria dos Islandêses estão finalmente convictos de que a ecónomia do país é muito frágil para aguentar com crises como a que se abateu sobre este país em outubro do passado ano. A questão de uma candidatura islandesa à UE colocou-se depois do país ter declarado na bancarrota.